Terça-feira, 18 de Outubro de 2011

A Cidade dos Resmungos . new smile, new life 183

"Os maus queixam-se de todos, os bons de poucos, os melhores de ninguém ou de si próprios." Marquês Maricá

 

A Cidade dos Resmungos

 



Era uma vez um lugar chamado Cidade dos Resmungos, onde todos resmungavam, resmungavam, resmungavam. No verão, resmungavam que estava muito quente. No inverno, que estava muito frio. Quando chovia, as crianças choramingavam porque não podiam sair. Quando fazia sol, reclamavam que não tinham o que fazer. Os vizinhos queixavam-se uns dos outros, os pais queixavam-se dos filhos, os irmãos das irmãs. Todos tinham um problema, e todos reclamavam que alguém deveria fazer alguma coisa.

Um dia chegou à cidade um mascate carregando um enorme cesto às costas. Ao perceber toda aquela inquietação e choradeira, pôs o cesto no chão e gritou:

- Ó cidadãos deste belo lugar! Os campos estão abarrotados de trigo, os pomares carregados de frutas. As cordilheiras são cobertas de florestas espessas, e os vales banhados por rios profundos. Jamais vi um lugar abençoado por tantas conveniências e tamanha abundância. Por que tanta insatisfação? Aproximem-se, e eu lhes mostrarei o caminho para a felicidade.

Ora, a camisa do mascate estava rasgada e puída. Havia remendos nas calças e buracos nos sapatos. As pessoas riram ao pensar que alguém como ele pudesse mostrar-lhes como ser feliz. Mas enquanto riam, ele puxou uma corda comprida do cesto e a esticou entre dois postes na praça da cidade.

Então, segurando o cesto diante de si, gritou:

- Povo desta cidade! Aqueles que estiverem insatisfeitos escrevam seus problemas num pedaço de papel e ponham dentro deste cesto. Trocarei seus problemas por felicidade!

A multidão se aglomerou ao seu redor. Ninguém hesitou diante da chance de se livrar dos problemas. Todo homem, mulher e criança da vila rabiscou sua queixa num pedaço de papel e jogou no cesto.


Eles observaram o mascate pegar cada problema e pendurá-lo na corda. Quando ele terminou, havia problemas tremulando em cada polegada da corda, de um extremo a outro. Então ele disse:
mascate

- Agora cada um de vocês deve retirar desta linha mágica o menor problema que puder encontrar.

Todos correram para examinar os problemas. Procuraram, manusearam os pedaços de papel e ponderaram, cada qual tentando escolher o menor problema. Depois de algum tempo a corda estava vazia.

Eis que cada um segurava o mesmíssimo problema que havia colocado no cesto. Cada pessoa havia escolhido o seu próprio problema, julgando ser ele o menor da corda.

Daí por diante, o povo daquela cidade deixou de resmungar o tempo todo. E sempre que alguém sentia o desejo de resmungar ou reclamar, pensava no mascate e na sua corda mágica.

 

alcançar o que desejam, desde que estejam dispostos a trabalhar para isso.”

 

 

my vision for a new life

 

 

Resmungar ou Valorizar

 

Por curiosidade espreitei no dicionário:

 

RESMUNDGAR

v. tr.

 

1. Falar entre dentes e com rabugice.

 

v. intr.

 

2. Dar sinais de descontentamento, dizendo coisas desagradáveis em voz baixa.

 

v. pron.

 

3. Murmurar-se.


E verifiquei que é algo que neste momento é prática corrente, aliás nós não resmungamos, queixamo-nos mesmo e a alta voz!

 

Se tivermos em conta que de facto há razão para queixas faz algum sentido, agora se levarmos ainda mais em conta o que ganhamos com isso eventualmente não fará sentido. Porquê? Porque ao fazê-lo me coloco em efeito e não em causa.

 

HOJE mais do que nunca é preciso estarmos em Causa, é preciso que façamos mais com menos, que aprendamos ainda mais com o erro, que cada vez menos aceitamos a frase "não consigo, não sou capaz".

 

O mundo precisa mais do que nunca de Líderes, e não é para líderar os outros é para se liderarem a eles próprios.

 

O controlo da comunicação interna é essencial para o nosso focus, se mantivermos a comunicação negativa vamos estar focados no que é negativo. Menos fácio de acreditar? Não pense no Elefente cor de rosa... Estás a pensar em quê!? No elefante cor de rosa! O mesmo acontece com a crítica e com a queixa... quando mais a repetires na tua cabeça mais a vais ver à tua volta!

 

Ainda na semana publicava no facebook um pensamento com o qual termino o meu post desta semana:

 

«É minha opinião que estamos a viver a melhor altura das últimas décadas...
Esta crise, esta mudança há muito que fazia falta. Havia demasiado facilitismo, comodismo, consumismo... e muitas mais coisas acabadas em "ismo"! :)
Há muito medo neste momento instalado em todos nós... ainda assim o medo é bom! O medo faz-te agir, o medo é aquela voz ao ouvido que te diz "prepara-te para algo que vai acontecer" se a escutares e agires nessa direcção o medo desaparece, se não o fizeres ficas congelado, paralisado... sem acção.
Kennedy disse uma vez não perguntes ao teu País o que ele pode fazer por ti, pergunta-te a ti o que TU podes fazer pelo teu País" Acho que está na altura certa para cada um de nós se colocar em causa, saindo do efeito que é a crise e colocar de uma forma repetida a questão "o que é que EU posso fazer?"
É bem melhor fazer esta pergunta do que culpar o País e os Governantes, os "outros" pelo estado em que estamos. Não é que assim não seja, mas a pergunta dá-te poder pessoal para agir, a segunda congela-te nas desculpas.
Como diz o meu amigo Steve Linder "O mundo precisa de acção e não desculpas, o que vais escolher entregar?"»

 

Até para a semana,

 

Amor & Gratidão

publicado por lifecoaching às 07:44
link do post | comentar | favorito
|
Em parceria com

Espaço de Coaching Pessoal

Mais do que um blog, este consultório online é um espaço onde pode saber mais sobre Coaching Pessoal. Para si que tem questões e dúvidas nas áreas mais importantes da sua vida o Coaching é uma poderosa parceria que o habilita a gerar mudança, e mudar a sua vida.
Pronto para levar a sua VIDA, os seus Objectivos e as suas Metas para o próximo nível?
O Coaching facilita e leva-o a descobrir poderosas estratégias que o transportam numa fantástica jornada de descoberta e crescimento de onde está AGORA, para onde sonha e deseja vir a estar.

Envie a sua questão:E-mail: jorge@jorgecoutinho.com

Jorge Coutinho

Results Coach e Neurostrategist, Practitioner em PNL, Hipnoterapia e Time Line Therapy e Master Trainer em Coaching. É Membro da comunidade Anthony Robbins sendo actualmente o primeiro e único Senior Leader desta organização em Portugal. Instrutor de Firewalking.
Membro do ICF (International Coach Federation). Criador do Workshop de Desenvolvimento Pessoal “SIM, TU Podes!”.
Licenciado em Gestão com Pós-Graduação em Sales Management. Co-Fundador e Partner da BeCoach, empresa de Business Coaching que actua na área de Coaching de executivos e alta performance em liderança empresarial.
Como lema de vida adoptou para si a frase de um dos seus ídolos: Não podemos voltar atrás e fazer um novo começo,mas podemos sempre recomeçar e fazer um novo final.Ayrton Senna


Contactos:
Telemóvel:917 884 319
E-mail: jorge@jorgecoutinho.com
Site: www.jorgecoutinho.com

posts recentes

Mafalda e o Ano Novo . ne...

O Colibri . new smile, ne...

4 Regras simples para SER...

A Cidade dos Resmungos . ...

Persistência . new smile,...

Mantém-te Insaciável. Man...

O Papel . new smile, new ...

O Poder do Entusiasmo . n...

A Chávena Cheia . new smi...

Milho, Pipoca e... Piruá ...

arquivos

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

subscrever feeds