Terça-feira, 30 de Agosto de 2011

O Homem Sábio . new smile, new life 175

"Aprendi através da experiência amarga a suprema lição: controlar minha ira e torná-la como o calor que é convertido em energia. Nossa ira controlada pode ser convertida numa força capaz de mover o mundo." Gandhi

 

O Homem Sábio

 

A fama do Homem Sábio que vivia numa pequena casa, no alto da montanha, espalhou-se por toda a região, alastrou às vilas e cidades e chegou, finalmente, aos ouvidos do Governador. 
Então este decidiu fazer uma longa e difícil jornada para visitar aquele Homem que tanto sabia e com quem poderia aprender técnicas e artes que melhor o habilitassem na governação da cidade. 
Durante todo o caminho foi imaginando como seria o Homem Sábio. Em pensamento via-o majestoso, dignamente vestido, talvez um pouco distante e inacessível, por certo mergulhado em livros raros, tratados difíceis, papeis diversos...
Quando finalmente chegou à casa no alto da montanha e bateu à porta, foi recebido por um velhinho simpático, de aspecto simples, humildemente vestido.
"Eu gostaria de ver o Homem Sábio," disse ele. O velho sorriu e mandou-o entrar. 
Enquanto caminhavam os dois ao longo da casa, o Governador olhava ansiosamente à volta, antecipando o encontro com um homem considerado um verdadeiro Sábio. Mas, quando deu por ele, já havia dado a volta a toda a casa e estava, de novo, à porta da rua. 
O Governador parou e voltou-se para o velho: "Mas eu quero ver o Homem Sábio!"
Então o velho, a sorrir, disse-lhe: 
“Procura olhar para todos que encontras na tua vida, mesmo se te parecerem simples e insignificantes, como Homens com quem poderás sempre aprender qualquer coisa. Mas, para isso, tens de ter não só os olhos mas também o coração e a mente abertos. Se te fechares nas tuas ideias feitas, nem que te cruzes com o Homem mais sábio do mundo aprenderás o que quer que seja.”
E, dito isto, sempre a sorrir, fechou a porta.
Então o Governador compreendeu que aquele era o Homem Sábio que procurava. Apenas os preconceitos que tinha dentro dele, a ideia formada relativamente ao que seria um Homem Sábio, tinham feito que aquela viagem tivesse sido (quase) em vão.

 

 

my vision for a new life

 

 

Criar um novo Estado...

 

Da mesma forma que criamos preconceitos dentro de nós, por vezes também criamos padrões, estados que recorremos para experenciarmos e e vivenciarmos deerminadas emoções.

  

Um exemplo disso é o estado "vítima" como vimos no post anterior.

  

Como substituiur esse estado? Criando um outro, um estado positivo que nos sirva ainda melhor.

 

O primeiro passo é identificar qual ou quais as emoções que queres experenciar. O passo seguinte será recordares-te de um momento na tua vida em que viveste de uma forma intensa essa, ou essas emoções, esse estado.

 

Em seguida fecha os teus olhos e transporta-te para esse momento; vê o que viste nesse momento, ouve o que ouviste nesse momento e sente o que sentiste nesse momento. Nesse estado descreve agora numa folha de papel a tua tríade potenciadora:

 

- Fisiologia;

- Focus;

- Linguagem;

 

- como estava a minha fisiogia? como estava o meu corpo? o meu peito; dobrado ou direito? os meus ombros; para trás ou para a frente? o olhar; para cima, para baixo ou a direito? A respiração; rápida ou lenta?

- o meu focus? em que me estava focadp? 

- a minha linguagem? como era a minha comunicação comigo? qual era a minha linguagem interna? o que me estava a dizer a mim próprio(a)?

 

Tens agora "documentada a tua tríade potenciadora a que podes recorrer SEMPRE... O que te vai impedir? Apenas TU!

 

Amor & Gratidão

publicado por lifecoaching às 07:00
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 23 de Agosto de 2011

Dor = Amor ? . new smile, new life 174

“Nem tudo aquilo que nos faz sentir melhor é bom para nós. Nem tudo aquilo que dói pode ser considerado como mau.” Alain de Botton

Dor = Amor ?

 

 

Era uma vez um bebé...

 

Um bebé que um dia sentiu uma dor, aliás uma dorzinha; ou por uma cólica, ou porque tinha a fralda suja, ou porque tinha fome, ou sede... e nesse momento recebe imediatamente conforto, afecto, carinho e amor de um ou mais membros da sua familia que se encontravam por perto.

 

O nosso bebé, curioso, "decide testar" a sua estratégia e uma vez mais por um qualquer motivo chora... e de novo recebe toda a atenção, conforto, carinho, afecto e amor.

 

O inconsciente do nosso bebé que está totalmente aberto e ansioso de informação cria imediatamente a seguinte regra: dor = amor

 

Pensará o inconsciente do nosso bebé:"quando eu tenho qualquer tipo de dor, recebo amor..."

 

E assim desenvolveu o nosso bebé, uma estratégia para receber atenção, carinho, afecto, conforto e amor... Estratégia que quando repetida e recompensada ao longo do seu desenvolvimento logo se irá transformar num estado... O "Estado de Vítima".

  

 

my vision for a new life

 

 

Quebrar o Estado...

 

Agora identificado o motivo e o porquê da utilização do estado vitíma, a próxima etapa da jornada é quebrar este estado, este padrão...

  

O primeiro passo é identificares que estás de facto num estado que não te serve... que estás a utilizar uma estratégia!

  

O passo seguinte será tomares consciência que qualquer estado é composto por uma tríade, e que uma tríade é composta por 3 elementos:

 

- Fisiologia;

- Focus;

- Linguagem;

 

Como identificar os três elementos da tríade? A resposta é consciência e questões..

 

Enquanto no estado "vítima" ou ao te recordares do teu estado "vítima" coloca-te estas questões:

 

- como está a minha fisiogia? como está o meu corpo? o meu peito; dobrado ou direito? os meus ombros; para trás ou para a frente? o olhar; para cima, para baixo ou a direito? A respiração; rápida ou lenta?

- o meu focus? em que me estou a focar? naquilo que é positivo? ou no que é negativo?

- a minha linguagem? como estou a comunicar comigo? qual a minha linguagem interna? positiva? ou negativa?

 

Para a semana vamos poder criar um estado positivo através da utilização da ferramenta tríade...

 

Amor & Gratidão

publicado por lifecoaching às 07:17
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 16 de Agosto de 2011

Porquê Chorar? . new smile, new life 173

"Cuidado com a tristeza. Ela é um vício." Gustave Flaubert

 

 

Porquê Chorar?

 

Um homem considerado como muito sábio sentou-se perante uma plateia e contou uma anedota.
Todo os presentes sem excepção riram até não poderem mais.
Após alguns intantes o sábio homem, contou de novo a mesma anedota.
Desta vez apenas cerca de metade da audiência se riu.
O sábio contínuou a contar a mesma anedota uma e outra vez.
Até não haver mais qualquer tipo de riso na plateia, foi então que ele sorriu e disse:
- Não riem da mesma anedota continuamente, porque então continuam a chorar sobre a mesma coisa uma e outra vez?

 

 

my vision for a new life

 

 

Todos passamos por eventos. Eventos que por vezes nos marcam profundamente e nos fazem viver momentos de dor quase insuportáveis.

 

Porquê com o mesmo evento existem pessoas que se afundam e outras que se elevam para estados onde nunca pensavam poder vir a estar?

 

Na minha percepção tem acima de tudo a ver com o significado que atribuimos ao evento. Através desse sigficado vamos experenciar um certo conjunto de emoções e essas emoções vão influenciar o nosso estado. A nossa VIDA.

 

Porque o fazemos? Porque nos mantemos por vezes em estados de dor, de sofrimento? Primeiro há que entender que a dor é necessária. É preciso senti-la, vivê-la. O sofrimento, esse é opcional! Porque por vezes nos mantemos lá? Por uma associação inconsciente de receber amor quando temos dor. É quase que como utilizar a dor como caminho para receber atenção, afecto, carinho e amor.

 

Parece-lhe mentira? Difícil de acreditar? Aguarde pelo meu próximo post para saber mais...

 

 

Até lá desafio-o a colocar-se algumas questões, se assim o escolher fazer:

 

- que outro siginificado posso atribuir a este evento que me está a causar sofrimento?

- o que aprendi com este evento?

- como posso utilizar esta aprendizagem?

- quem vou ser ainda mais se escolher atribuir um significado que me sirva?

 

Amor & Gratidão

publicado por lifecoaching às 07:51
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Em parceria com

Espaço de Coaching Pessoal

Mais do que um blog, este consultório online é um espaço onde pode saber mais sobre Coaching Pessoal. Para si que tem questões e dúvidas nas áreas mais importantes da sua vida o Coaching é uma poderosa parceria que o habilita a gerar mudança, e mudar a sua vida.
Pronto para levar a sua VIDA, os seus Objectivos e as suas Metas para o próximo nível?
O Coaching facilita e leva-o a descobrir poderosas estratégias que o transportam numa fantástica jornada de descoberta e crescimento de onde está AGORA, para onde sonha e deseja vir a estar.

Envie a sua questão:E-mail: jorge@jorgecoutinho.com

Jorge Coutinho

Results Coach e Neurostrategist, Practitioner em PNL, Hipnoterapia e Time Line Therapy e Master Trainer em Coaching. É Membro da comunidade Anthony Robbins sendo actualmente o primeiro e único Senior Leader desta organização em Portugal. Instrutor de Firewalking.
Membro do ICF (International Coach Federation). Criador do Workshop de Desenvolvimento Pessoal “SIM, TU Podes!”.
Licenciado em Gestão com Pós-Graduação em Sales Management. Co-Fundador e Partner da BeCoach, empresa de Business Coaching que actua na área de Coaching de executivos e alta performance em liderança empresarial.
Como lema de vida adoptou para si a frase de um dos seus ídolos: Não podemos voltar atrás e fazer um novo começo,mas podemos sempre recomeçar e fazer um novo final.Ayrton Senna


Contactos:
Telemóvel:917 884 319
E-mail: jorge@jorgecoutinho.com
Site: www.jorgecoutinho.com

posts recentes

Mafalda e o Ano Novo . ne...

O Colibri . new smile, ne...

4 Regras simples para SER...

A Cidade dos Resmungos . ...

Persistência . new smile,...

Mantém-te Insaciável. Man...

O Papel . new smile, new ...

O Poder do Entusiasmo . n...

A Chávena Cheia . new smi...

Milho, Pipoca e... Piruá ...

arquivos

Fevereiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

subscrever feeds